quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Maria de Boliqueime relembra a fragilidade do estado de saúde do marido, o rombo na economia familiar que foram os comprimidos do Professor Lobo Antunes deixarem de ser comparticipados, e avança com o cenário de Presidenciais antecipadas: "que o "Livre", as mortáguas, a amostra clínica, os animais ou o Marcelo "deiem" posse a esses bandidos, por que o meu marido já não está com saúde para essas coisas, era o que faltava..."

 
 

Blogger news

Blog Archive