quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Teresa Guilherme arrasa em direto operador de câmara, porque a estava a filmar com uma máquina de teleobjetiva que não era grande e grossa. Filha: as câmaras não são como os elefantes, e tendem, hoje em dia, para a miniaturização...

One Response so far.

  1. Dias inteiros a levar no cu e na cona, ninguém percebe como esta mulher consegue ter ainda tempo para fazer programas... Quer dizer "faz programa", à brasileira :-)

Leave a Reply

Venho, enquanto adulto, exercer aqui o meu direito de cidadania, e participar no espírito construtivo deste espaço, que é o de tornar melhor a vida dos cidadãos da Aldeia Global. Penso, logo, participo

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

 
 

Blogger news

Blog Archive