#Post Title #Post Title #Post Title #Post Title
domingo, 29 de março de 2015

é só para dizer

[ Read More ]
sábado, 28 de março de 2015

O Nada - V

1987 começou e eu me curei subitamente do pânico. Estava num ônibus lotado, voltando da Associação Desportiva da Polícia Militar e pensei: “Nada vai acontecer comigo”. Decidi voltar à datilografia e me matriculei novamente no SENAC, mas numa escola que ficava na Casa Verde. Eu fui à escola mais vezes. Mas passava uma hora trancado no banheiro batendo punheta. Quando saía, os outros alunos olhavam para mim com sorrisos nos cantos dos lábios. Eu fazia isso todo santo dia. Até que abandonei a escola também. Matriculei-me numa das piores escolas em que estudei em minha vida, chamada Externato São Judas Tadeu, que ficava ao lado de casa. Algumas escolas particulares de São Paulo conseguem ser deploráveis. O horário era louco: 16h às 20h. Eu nunca entendi aquele horário. Mas fiz um amigo metaleiro que mandou ler livros de filosofia. Foi o início de minha leitura de livros de filosofia, que não terminou nunca, mas que eu não sei exatamente para que serviu na minha vida. Continuei apaixonado por Andréia, prima da Lara, amiga da minha irmã, que estudava com a gente. Conto detalhes sobre ela no livro “As Gatas”. Foi meu primeiro beijo. E mais um fora doloroso em minha eterna coleção de foras. O pai da Lara, seu Kazama, me arranjou meu primeiro emprego, quando abandonei a escola. Office boy, que ele chamava “auxiliar menor”, não sei por que. Foi um saco de emprego. Eu odiava meus colegas de trabalho que me tratavam como escravo. Não tive a menor paciência e caí fora do emprego. Passei o resto do ano sem fazer nada. Comecei a usar óculos para miopia. Disseram-me que eu tinha vocação para palhaço e que eu deveria fazer um curso. Eu, fazer cursos e deixar a merda da minha vida? Arranjaram-me uma garota para eu beijar, uma menininha chamada Leuza, que fumava. Mas me pediram para não me envolver emocionalmente com ela e foi exatamente o que fiz. Resolveram me contar que ela havia saído com outro cara e eu não me interessei mais por ela. O namorado da minha irmã fazia bailes e me chamava para ajudar a dor o som, porque eu tinha muitos discos. Eu poderia ter seguido carreira como dj, mas quando minha irmã brigou com ele, não participei de mais nenhum baile. O que eu não tirava da cabeça era a ideia de publicar um livro de poemas. Apesar de ter queimado todos os meus poemas, quando tomei o fora da Andréia, eu escrevia tanto em 1987 que logo tinha um calhamaço de poemas novamente. Mas o que eu gostava de ler eram livros de terror, especialmente os livros de Stephen King. Tentava escrever prosa, mas não saía do lugar. Além das incontáveis tentativas de escrever a história da minha vida, também tentava completar aquele mesma história que havia começado lá pelos 13 anos e havia batizado de “A Órbita”. Minha casa tinha um bilhão de baratas. Não havia um dia sequer em que não enfrentávamos uma barata. E como sempre dormíamos no chão, por falta de espaço e falta de camas, já ocorreu de uma barata passar no meu rosto com aquelas perninhas que pareciam agulhas. Mas já me deparei com baratas subindo no sofá também. E eu dormia no sofá com muita freqüência. Vi uma cena terrível. Houve uma inundação no quintal e alguém resolveu destampar um bueiro. Saíram 800 baratas de uma vez. Um gato aproximou-se e começou a comer as baratas. Há cenas que não saem da cabeça da gente jamais. Aos 16 anos, eu já estava desesperado de vontade de transar.
[ Read More ]

. e hoje . quem manda aqui . sou eu . :) .

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


. Auf . Auf .


[ Read More ]
terça-feira, 24 de março de 2015

Herberto Helder, a caminho do Tempo

[ Read More ]

Há taxistas que não são como o João Perna, e têm de ganhar para a droga :-)

[ Read More ]

Mario Draghi, um agente de Bilderberg e da Goldman Sachs, considera Portugal um exemplo. Nós também consideramos Portugal um exemplo... a não seguir

[ Read More ]

Sampaio da Nódoa, perdão, Nóvoa, não convence os Socialistas, aliás, não convence ninguém, exceto a si próprio, e isso é importante, para quem quer gastar uns dinheiritos numa pequena caminhada eleitoral. Deixa gastar, desde que não seja o meu :-)

[ Read More ]

No ISIS, abateram o Abu Al-Faruq, de Mem Martins. Olha que falta que cá faz o Abu Al-Faruq, de Mem Martins :-)

[ Read More ]
segunda-feira, 23 de março de 2015

Balsemão, na sua infatigável busca de "novos talentos" portugueses, e naquilo que poderá ser a sua última presença no clube dos Assassinos do Mundo, poderá levar a Bilderberg 2015 (Interalpen, Telfs), Ricardo Araújo Pereira, Rui Tavares, Teresa Guilherme e Inês de Medeiros (uma reprise). João Galamba ainda não está confirmado, mas está mortinho por o ser

[ Read More ]

Filipa Silva gera onde de indignação no Facebook, depois de declarar que as mães se sentem umas vacas quando estão a dar de mamar aos filhos. Coitadas, têm toda a razão, e os filhos deviam aprender a mamar no pai, em vez de andarem a mamar na mãe, para depois, mais tarde, não manifestarem iliteracia nessa prática :-)

[ Read More ]

Henrique Neto é o primeiro a avançar para Belém. Se perder, tenciona acabar os estudos, que não tem. Se ganhar, pensa obter o diploma, como se costuma fazer em certos patamares do pântano político. Já tem o nosso apoio incondicional

[ Read More ]

Carole Middleton, uma arrivista, ao nível de Camila Parker-Bowles, quer estar ao pé da filha, para assegurar que o golpe da barriga vai funcionar mais uma vez, mas a Casa de Windsor está a recuperar em força, e quer enxotá-la como uma cadela, e faz muito bem. Já devia era ter sido há mais tempo

[ Read More ]
domingo, 22 de março de 2015

. Luz .

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


de repente mil sorrisos em redor de outros tantos
e os cheiros da terra dos dourados encantos
de repente o solstício a acrescentar quem desperta
e do estádio de alerta decorre a intensidade certa
da Luz sobre os mantos difusa a quebrar quebrantos
quantos somos somos quantos profanos e santos
em demanda da sorte entre asceses e cantos


[ Read More ]
sábado, 21 de março de 2015

. thailand .

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


. thailand . forever .


[ Read More ]

Primavera millefiori

[ Read More ]
sexta-feira, 20 de março de 2015

Primavera

[ Read More ]

Alerta máximo: golpe de Estado, para repor a ordem constitucional portuguesa, poderá ser dado pelas polícias e não pelos militares

[ Read More ]

Zeinal Bava sabia bem dos negócios que iam tramar a PT Telecom, mas o seu lado caneco falou mais alto, e resolveu sacar o que podia. Só não está preso, por que o Estabelecimento Prisional de Évora está a ser ampliado. Até já se fala da "Brasília portuguesa", mas este país sempre esteve cheio de exagerados :-)

[ Read More ]

"Manipulador e pouco sério", mas tem um hino, que só não é o Hino Nacional, por que esse é periodicamente vexado, sempre que o Cavaco aparece em cena. E nós?... Nós, ficamos com uma bancarrota...

[ Read More ]

Sim, é verdade, o Futebol era um dos polos do Polvo Sócrates: quando se compram os direitos de transmissão de Ligas Espanholas (?), a partir de aí, toda a televisão se transforma numa permanente espanholada, um enorme esgoto, invadido pelo vazio de Cristiano Ronaldo, nu, desnudo, pelado, à poil & stark naked. Mas isto foi só o começo, depois, tomaram-lhe o gosto e piorou

[ Read More ]
 
 

Blogger news

Blog Archive