#Post Title #Post Title #Post Title #Post Title
sábado, 11 de agosto de 2018

Silly Season II - North Sentinel Island

[ Read More ]
quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Novas do "Facebook" - Dias Loureiro marcou-se "como seguro", durante o incêndio apocalíptico do ALLgarve

[ Read More ]
quarta-feira, 8 de agosto de 2018
sábado, 4 de agosto de 2018

Mauritius

[ Read More ]
quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Sim, já fizemos a folha ao Ricardo Robles, numa velha tradição de fazer a folha a essa corja toda, a que chorava, a Constança Urbano de Sousa, o Relvas, que nem chorar sabia, o Coelho, que acabou em "catedrático" (!), a Portas, "Miss Fardas", que continua a gostar dele grande e grosso, a Carrilha, que gosta do mesmo, o Paulo Pedroso e o Ferro Rodrigues, que querem ser indemnizados só por alguém insinuar que eles gostam de fruta da verde, o Aníbal de Boliqueime, o cancro mor da Democracia, e a sua Maria, modesta e modista, o José Sócrates, o Vigarista de Vilar de Maçada, e a sua mãe Adelaide, a jeová... meu deus, são tantos, que agora se tem mesmo de descansar um pouco, um poucochinho monhé: pois, então, "The Braganza Mothers" entra na "silly season" :-)

[ Read More ]
terça-feira, 31 de julho de 2018

Diário da continuação do fim do Ricardo Robles e afins - então, agora é a Catarina Martins que é sócia minoritária da "Logradouro", empresa de alojamento local, mas no interior, bem lá para dentro, para impedir a desertificação de um certo país. Sim, estamos a falar da Casa da Marzagona, que vai das bordinhas da desertificação até... até... até onde deus e a irmã lúcia quiserem, pois então... :-)

[ Read More ]

Gri-gri :-))))

[ Read More ]
segunda-feira, 30 de julho de 2018

Diário do Sex, Drugs and Speculation, mais o diário do fim do ex-vereador Ricardo Robles e da angústia para o jantar da sua irmã, Lígia Robles, que queria deixar as Coffee Shops do Red District de Amsterdam, para finalmente poder vir para Lisboa, e poder ser uma senhora, como as outras, e poder envelhecer como uma boa portuguesa, belas varizes nas pernas inchadas, meias com malhas descaídas e um par de saquinhos de plástico ressequidos à janela, de cada vez que estendesse as colchas, para apanharem o ar fresco do Museu do Fado. Ai, cantadeira, só tu para vires cantar com a nossa Amália, que boa voz tu tens e não te falta, como diz o Sr. Rodrigues, ex patrão do "Pão com Manteiga", que lá anda pelos tribunais à espera de receber o que devia, quando foi despejado. Gostaríamos de ter falado com os quatro trabalhadores do café, que o Ricardo Robles pôs na rua, para pôr o prédio em “Short term rental”, gaiola para os cámones virem passar os seus três dias de colonização da Easyjet, mas nenhum deles quis falar, que as mãos dos partidos têm extensos dedos de vingança, e a única coisa que ficamos a saber é que a Lígia é boa, e podia dar mais resposta 😊

"A remodelação do imóvel de Ricardo Robles - vereador do BE na Câmara de Lisboa -, em Alfama, levou a que quatro funcionários de um café ficassem sem emprego."Podiam ter sido cinco, mas eu optei por ir para a reforma, dado que já tinha 63 anos", contou este sábado ao CM o gerente do Pão com Manteiga, que pediu para o seu nome não ser publicado. Adiantou, ainda, que acabou por ser "despejado" por "decisão do tribunal", porque "não aceitou vagar" o "primeiro esquerdo" do prédio que utilizava como "armazém" e "quarto de arrumos do pessoal". "Era o local onde eu tinha duas arcas frigoríficas. Quis aumentar-me a renda de 270 euros para 400 euros, com a condição de eu sair do andar de cima. E como eu não aceitei, ele colocou-me uma ação de despejo, que foi concretizada em outubro de 2016."
[ Read More ]
sábado, 28 de julho de 2018

Exclusivo "The Braganza Mothers" - Visite aqui, e veja no "Google Maps", em que estado estava o investimento do Ricardo Robles e da Lígia, para especulação imobiliária ("Short term rental, oportunidade única em área turística no coração de Lisboa"(?), antes do empréstimo de 650 000€, dado a quem declarou ao Tribunal Constitucional receber 1 500€ por mês (e então, sem juros, e a pagar 800€ por mês, vai levar 100 ANOS a pagar a dívida, coitado, é um mandato inteiro da CML...). A imagem é boa, e até se vê o restaurante "Capicua", só deus alguma vez saberá, saberá, se foi esse ou o do lado, o despejado por 5 000€, que pôs o Robles e a Lígia em tribunal, e também se vê a Dona Irene, de braço dado com a D.ª Idalina, do 2.ºB. Já não moram lá, por que saíram amigavelmente, em troca de duas notas de 100 dadas a uma e outra, pelo Robles, mais um saco de rebuçados. Ó, Robles, vai-te embora e vai-te foder!...




Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas



Carregue na ligação, e veja aqui como se comia muito melhor no "Capicua" do que nas manjedouras do Avillez. E se o jipe não é o jipe do Robles, até podia ser. E, se tiver tempo, veja ainda como ele ganhou, com a oferta de compra que ele e a Lígia fizeram à Segurança Social, coisa, como sempre, fazendo parte do seu património, e do meu, municipal e nacional, do qual o Ricardo Robles, nos despejou, em 2014, por 347 000 €, para o transformar em "short term rental, oportunidade única em área turística no coração de Lisboa". Bem bom... :-)
[ Read More ]

Afinal o Robles foi para a "Câmbra" para poder ser protegido como proprietário, na lógica dos cambalachos, mas a "Câmbra" falhou-lhe, e nós achamos que como a "Câmbra" lhe falhou, a "Câmbra" devia agora indemnizar o Robles. Ó, "Câmbra", indemniza lá o Robles, e não despejes o Robles de vereador :-)

[ Read More ]

Lua sonora amortecida

[ Read More ]
sexta-feira, 27 de julho de 2018

Sim, a gente já sabia que o Ricardo Robles era jeitoso, ainda não se sabia é que o Ricardo Robles era um jeitoso, e o Ricardo Robles é mesmo um jeitoso, e parece que é um jeitoso daqueles que se aproveitou da irmã, Lígia, que fez o número da cega, surda e muda, e deu o golpe do Sócrates, no “Héron Castilho”, foi a Alfama, convenceu as velhas todas de que o fim do mundo estava a chegar, com a invasão dos cámones da Easyjet –- coitadinha da Dona Irene, que a gente conhecia tão bem, já não via nada dos olhos, o Ricardo e a Lígia deram-lhe 100€ para sair, e a Dona Irene saiu, sem ver nada, com as mãozinhas muito à frente, muito a tremer, muito a tatear, para não cair, e dorme agora à porta da Sé, toda enrolada num cobertor, pobrezinha, são coisas que não se fazem, sobretudo a uma senhora daquela idade, coitadinha… -- e, dizíamos, o Ricardo Robles, que é um jeitoso, foi com a Lígia ao lado, e puseram o Restaurante “O Patêgas”, onde se comia bem e barato, e tinha na parede um retrato lindo do Cristiano Ronaldo, com uma bola descorada na mão, e também puseram na rua o dono, e fecharam “O Patêgas”, para pôr o prédio todo, já livre de velhas e varejeiras, à venda na Sotheby’s. E parece que são vários milhões, quatro, ou mais, na compra e vende, mas o Ricardo Robles já disse que era tudo por “razões familiares”, mal os pais morram, a Lígia fica órfã, e a Lígia precisa de fazer uma plástica aos calcanhares, como a Sofia Aparício costumava fazer, de graça, no Hospital da Força Aérea do Lumiar. No fim disto tudo, há uma coisa que tem de ser dita, e vai ser aqui dita, e por nós, e toda ela em defesa do Ricardo Robles e da Lígia: é certo que isto é mais um cambalacho, mas ele acabou de nos pedir que não confundamos este SEU cambalacho com os cambalachos camarários do Poucochinho Monhé, António Costa, quando era Vigarista-Mor da Câmara de Lisboa, nem com os atuais cambalachos do atual Vice Vigarista Mor da especulação imobiliária, Fernando Medina, e que, de facto, não há nenhuma mão nisto do José Miguel Júdice, do Manuel Salgado nem do Sá Fernandes, por que isto é mesmo uma coisa nova, “familiar”, só saída da imaginação da Lígia e do Ricardo, e assim vai continuar, por que já foi anunciado no “Facebook”, e no “Twitter” e no “Snapchat”, e, mais logo, também vai aparecer no “Instagram”, com depoimento, e tudo, da Dona Odete, do 2.º esquerdo, que vai dizer, a chorar, que, no caso dela, foi um despejo consentido, e com sentido, e que o Ricardo Robles é “um santo”, um rapaz lindo, que sempre a ajudou, quando ela mais precisava, sobretudo naquela tarde em que ela estava a voltar para casa, muito sozinha, com as mãos cheias de sacos do "Lidl", e um cigano lhe meteu a mão debaixo das saias, coisa feia…. Acalmai-vos, pois, gentios, que o Bloco voltará à rua para lutar, e lutar sempre, contra os despejos, e todos os despejos, sejam eles quais forem, enquanto o Ricardo Robles continuar como vereador. Acontece que não queremos ser pessimistas, mas já houve um passarinho que nos disse que, também ele, entre julho e agosto, vai ser despejado de vereador, e lá vai o Ricardo Robles acabar enrolado, à porta da Sé, ao lado do cobertor amarelo da Dona Irene, coitadinha, que não merecia nada daquilo… Que deus o leve, mas leve em bem, por que o Ricardo Robles é um homem cujos olhos nos tocaram mesmo no fundo do coração. Bem-hajas, Ricardo Robles, e um kiss daqui para a Lígia, uma querida, que dizem que também é bem gostosa 😊



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


Com tanta habilidade, um dia destes abres um novo "Eleven", ao lado do "Eleven" do vigarista José Miguel Júdice, e como és de "esquerda", em vez de pagares uma renda de 500€, no Alto do Parque Eduardo VII, lutarás, e lutarás forte e feio, na rua, ao lado das massas populares, para pagares só metade. Quem não te conhece que te coma, esta merda é toda igual :-)
[ Read More ]
quarta-feira, 25 de julho de 2018

Grécia

[ Read More ]
terça-feira, 24 de julho de 2018

A máquina de branqueamento de capitais da Juventus está mesmo a funcionar: ao chegar, o Ronaldo valia 120 milhões, e amanhã, com a ajuda das lojas de Palermo, Nápoles e Turim, poderá passar aos 340, no mercado negro. Há um gestor oculto que já fala nos 500 milhões, tudo dependente do evoluir da rota dos químicos e sintéticos de discoteca europeia, mas o melhor nem é isto, os médicos já provaram que ele tem uma idade física de 20 anos, e, ainda muito melhor do que isto, mentalmente é ainda muito mais novo, ou seja, tem uma longa vida mental pela frente. Aí, fadista :-)

[ Read More ]
domingo, 22 de julho de 2018

domingo cansado

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas



um mergulho longo e profundo até ao equinócio
[ Read More ]
quarta-feira, 18 de julho de 2018

Pronto, o Manuel Pinho já foi apanhado, o BES pagava-lhe para estar no Governo a favorecer o BES, e às vezes pagava-lhe bem, como naqueles dois meses de BES em que recebeu 490 mil euros do BES, mas como o BES era o dono disto tudo, afinal, o Manuel Pinho só estava a ser pago para favorecer isto tudo, ou seja, para favorecer o país inteiro, ao contrário de muitos daqueles deputados que estão a ser pagos por fora, para favorecerem resmas de entidades que os colocaram lá, mas são favorecimentos a coisinhas muito locais, a precisarem de favores muito precisos, não são favores de dono disto tudo. Sr. Manuel Pinho, o senhor, que estava a trabalhar para o bem de nós todos, faça já o favor de pôr a boca no trombone e avançar com o nome deles todos, que estão sentados no Parlamento, e não só, tá?...

[ Read More ]
terça-feira, 17 de julho de 2018

João Semedo: conseguiu reunir ser simpático, inteligente, bom orador, dialogante e intelectualmente honesto. Não merecia o país onde estava, e partiu para outra...

[ Read More ]

O mistério da gruta Tham Luang, da Tailândia, está prestes para ser resolvido, e os vídeos não editados do cativeiro vão finalmente ser divulgados. Não sabemos muito, e daquilo que ouvimos damos apenas um cheirinho, uma equipa inteira de júniores, fechada semanas a fio com treinador e mergulhadores ávidos.... isso... o submarino do Musk até podia ser enfiado onde dói, mas já não dói nada em sítio algum, nem ao Musk nem ao mergulhador pedófilo (?), Vernon Unsworth, diz-se que muito conhecido das barracas de praia da noite de Pathaya -- saudades... -- onde se joga pouco à bola, e se joga muito bilhar de bolso, e muito mais ainda com as bolas, ou, como dizia o outro, mal se cruzam as verdades, logo se sabem as comadres, e são tantas, as comadres... :-)

[ Read More ]