terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Múmia de Boliqueime não pode estar presente na entrega do Prémio Gazeta, onde José António Cerejo contava a promiscuidade da Tecnoforma, entre Passos Coelho (que devia estar preso) e Miguel Relvas (que também já devia estar preso) devido ao agravamento do seu periclitante estado de degenerescência neurológica

One Response so far.

  1. Aníbal de Boliqueime, o rosto da Nação vexada

Leave a Reply

Venho, enquanto adulto, exercer aqui o meu direito de cidadania, e participar no espírito construtivo deste espaço, que é o de tornar melhor a vida dos cidadãos da Aldeia Global. Penso, logo, participo

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

 
 

Blogger news

Blog Archive