domingo, 16 de março de 2014

das mesas de domingo

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


Falo-te dos jarros das mesas de domingo. Desfazíamos com as mãos as laranjas doces e o sumo escorria pelo antebraço, braço e uma pitada de açúcar e três quartos de vinho tinto, muito gelo e um limão.
Depois matávamos a sede de conversas vadias, de sonhar viagens aos países escaldantes como a febre que nos faz delirar. 
Por cima das nossas cabeças a sombra da árvore e o zumbido dos besouros e o cão grande a pedir afagos.
 
 

Blogger news

Blog Archive