domingo, 13 de abril de 2014

nem sempre solitários, outras sim

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


Agora podemos ir. Duas ou três inutilidades num saco fundo, uma toalha, uma maçã, é quanto basta. Aquilo de que precisamos raramente nos faz falta.
Deles não nos esquecemos. Virados para o rio, a espelhar amarelos solares. As ninfas chegam mais tarde, já nós partimos com as luas cheias da primavera.
 
 

Blogger news

Blog Archive