sábado, 6 de setembro de 2014

Diabo tece-as!



Esta semana, no comunicado de um autoproclamado candidato a Presidente do Governo Regional, lê-se no ponto um: “O ex-Presidente do Governo Regional, Carlos César, pode ainda mandar nos Açores, mas na Madeira não manda nem Governa”; e o ponto dois do mesmo comunicado rezava assim: “Eu, enquanto for Presidente do PS-Madeira, não serei comandado nem por Lisboa nem pelos Açores e não admito ingerências no PS-Madeira”.

Tirando ao que aos socialistas diz respeito ao ex-presidente do Açores, eu concordo e subscrevo. A Madeira, desde a sua Autonomia, NUNCA FOI, NEM NUNCA PODERÁ VOLTAR A SER MANDADA DESDE SÃO BENTO, OU DO RATO e ATÉ MESMO DA SÃO CAETANO À LAPA!

Desde há algum tempo, e em vários setores, verificam-se movimentos no sentido de que a Madeira volte, de novo, a ser comandada por Lisboa. Vou ser muito claro e frontal! Ainda esta semana houve quem dissesse que a Madeira voltou a ter, temporariamente, as grilhetas impostas pelo Terreiro do Paço, isto é, do Ministério das Finanças. Se isso fosse dito por certos setores tradicionalmente antiautonomistas é como diz o outro, já toda a gente sabe do que essa casa gasta! Agora vindo de quem a si mesmo se considera paladino da Autonomia, é pena que ignore que a atual situação resultou de uma crise externa ao território e até mesmo, porque não dizê-lo, pelo menos em parte, ao próprio país! Essa situação, isso tem de ser dito com todos as letras, foi imposta a todo o país por três entidades denominadas, no todo, por essa palavra russa TROIKA e levanta antigos e novos fantasmas! Já agora, já que se fala em grilhetas, é importante lembrar de quem era a assinatura e quem assinou o PAF a 24 de Setembro de 2012, da Câmara Municipal do Funchal. Será que essa pessoa também colocou umas amarras na autonomia do poder local, no caso da Câmara Municipal do Funchal, e comprometeu o futuro dos funchalenses? Claro que não, nunca irei acreditar nisso porque não uso contra o meu Partido os pseudo argumentos de uma oposição que nunca soube se encontrar com o interesse regional e, para o caso, com o interesse municipal, incompetente como é, incompetente como está a demonstrar em todo o lado. Esta situação foi agravada por estas políticas ultraliberais que não são subscritas pelo PSD-Madeira!

Contudo, esse candidato a candidato a Presidente do Governo Regional que afirma isso é exatamente o mesmo que apoia e é, supostamente (afinal, não teve lugar no Governo, como se propalou por aí!), apoiado por Pedro Passos Coelho, aquele que, ao que dizem, o atual líder nacional quer colocar como Presidente do PSD-M! E para quê? Para que a Madeira perca de vez a sua autonomia e com esse passo, então sim, a ser controlada a partir de São Bento.

Eu quero manter a Autonomia da minha terra, quero que a Madeira seja como tem sido desde o 25 de Abril: aquilo que os madeirenses decidirem! Como se viu, pela boca morre o peixe: o diabo tece-as!

Um ditado antigo diz: diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és. E por aqui me ficava, não fosse toda a regra ter sua exceção! Não é verdade que Judas privou com Jesus?


 
 

Blogger news

Blog Archive