domingo, 14 de setembro de 2014

domingo catorze

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Na confusão do aguaceiro perdeu-se do outro, do direito ou talvez fosse do esquerdo. Com estes sapatos sempre troquei os pés, resmungou desconsolado. E agora descalço-me, é única maneira de não parecer ridículo e tirando o sapato, meteu-o no bolso.
Chegou a casa com três espinhos no tarso, sentou-se, abriu o computador e digitou: perdeu-se sapato às riscas com saudades do Verão. Não sei a quem agradecer se o encontrar.

2 Responses so far.

  1. .

    .

    . tão bonita e sempre infinita a Sua escrita . nelita .

    .

    . tal qual a nossa verdadeira amizade . :) .

    .

    . o desenho está perfeito . apesar de representar uma das pragas deste verão que por ora finda . e que trouxe para as ruas tanto padeiro desmedido . :) .

    .

    . íssimo feliz .

    .

    .

  2. :))))

    foi só para chatear a minha gata, ela detesta o nome o sapato

 
 

Blogger news

Blog Archive