terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Duarte de Braganza, tetraneto do jardineiro do Ramalhão, e herdeiro das ruas livres para andar, tem mais uma recaída, e depois de considerar El Assad "uma pessoa simpática", vem dizer que o "Charlie Hebdo é um pasquim nojento", e nós sabemos quanta dor isso lhe provoca. Como não há duas sem três, "The Braganza Mothers" não pode confirmar, até ao momento, se já está inscrito nas listas de espera para visitar Sócrates, mas é provável que também já esteja :-)

 
 

Blogger news

Blog Archive