quinta-feira, 11 de junho de 2015

Aníbal de Boliqueime aponta as quatro grandes metas para o futuro, que, por acaso, não coincidem com as nossas: 1) livrarmo-nos urgentemente dele; 2) livrarmo-nos urgentemente de toda a escória que ele promoveu; 3) tentar... eu disse, tentar, "concertar" toda a porcaria e desgraça de que ele foi o centro e mentor; 4) Acionar todos os meios jurídicos para o penalizar pelo anterior, mal perca a sua vergonhosa imunidade política

 
 

Blogger news

Blog Archive