quarta-feira, 3 de junho de 2015

Matthew VanDyke agarrou nos trapinhos e foi combater os suburbanos do ISIL. Essa é uma boa: em vez de andarem pendurados nos subsídios do Estado ou a participar nas finais de branqueamento de capitais e a provocarem estragos no Marquês de Pombal, iam para a Síria, para a Líbia e para o Iraque libertar a testosterona. Ah, e levavam a "tralha" toda com eles, que Portugal já tem 450 000 de excessos de obesas em quem ninguém pega, nem para dar uma rapidinha depois do jogo

 
 

Blogger news

Blog Archive