terça-feira, 3 de novembro de 2015

Calvão da Silva, um sarro do XX Constitucional, relembra, em Albufeira, que Deus nem sempre é bom (olha que não é verdade, pá, se Deus não fosse bom, duravas mais do que dez dias...), e que as vítimas devem olhar para cima, e ver quão generoso foi o Demónio, que lhe permitiu vir do nada (Trás os Montes, só podia...), passar pelo seminário, brilhar 15 segundos, e regressar ao nada :-)

 
 

Blogger news

Blog Archive