segunda-feira, 24 de outubro de 2016

José Sócrates, o vigarista de Vilar de Maçada, pôs o Rui Mão de Ferro a "canciar", durante dez anos, o "Miguel Abrantes", do "Câmara Corporativa", para dizer bem do Polvo. Parece que isso custou mais de 350 000€ e uma assessoria do Fernando Medina, no caldeirão da Câmara Municipal de Lisboa. Nós fizemos o oposto, e não recebemos nada, exceto uma fama crescente. Aí, fadistas... :-)

 
 

Blogger news

Blog Archive