sábado, 2 de setembro de 2017

Diário do fim da Geringonça - João Galamba, o eterno doutorando de João Constâncio," filho do outro" (Vítor Constâncio), foi ao smartphone e mandou ao "Chefe" (José Sócrates), o aviso que lhe tinham acabado de passar, de muito perto do "Bêbedo das Docas" (Passos Coelho), de que havia uma investigação com contornos mundiais, que metia tudo, o Lula, a Venezuela, o monhé Zeinal Bava, o vigarista da EDP, a Câncio, a Oldbrecht, a Abrantina, a Lena e até a delegação de Cascais do Salão do Reyno das Testemunhas de Jeová (D.ª Adelaide), e que era melhor o "Chefe" pôr em prática o Plano B, e deixar a casa na Avenida Presidente Wilson, e ir para a Tailândia, onde os rapazes são moles, mas os rústicos, que vêm da Austrália, bons naquilo de que ele tanto gosta e precisa. Tudo acabou na Cela 44, e agora só falta acabar o Galamba... :-)



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


O Galamba foi bom a passar a informação, sucinto e discreto, como a Fátima Campos Ferreira, quando mandava para o "Polvo" os avisos de que os jornalistas andavam atrás do osso :-)

One Response so far.

  1. O rosto da geração dos vale-tudo. Vão cair que nem tordos :-)

 
 

Blogger news