terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Diário do fim das doenças raríssimas - Sim, o gajo que era ministro da Casa Pia, quando se tratou de abafar o Casa Pia, e que se dizia que tinha um olho em frente, para mentir, e um outro em baixo, para ver o estado das braguilhas dos órfãos, pois, afinal, ele era raríssimo, ele e a Paula Brito e Costa, por amor da santa, qual raríssimo, raríssimos são os doentes, o resto é a fina flor do entulho, o estrume do costume, e todo junto, a Maria Cavaca, a Amostra Clínica, Maria de Belém, a Leonor Beleza, o Ulrich, e só não apareceu o Carlos Cruz, por que estava em período de defeso, fica para as assembleias gerais de 2018, se deus quiser :-)