domingo, 14 de janeiro de 2018

janeiros

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Bravo o mar, as ondas a galgar a muralha, quatro ou cinco encharcados como eu, a tiritar caminhadas. Os cães foram-se, ficaram os navios ao largo, medrosos de tempestade. 
E o farol da guia que nos guie se assim quiser.

One Response so far.

  1. DEsde que os farois deixaram de ter faroleiros
    os homens passaram, tal como os cães, a recear as tempestades

 
<