domingo, 11 de março de 2018

la tempête violette

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Bruno, Félix, aproxima-se Gisele, com azar ainda se formará uma Kátia Marisa ou uma Vanessa. Alheada e sem eu lhe saber o nome, cresce no canteiro junto ao muro e vagueia já o vento a assobiar-lhe estigmas, filamentos, anteras, pétalas, sépalas e pedúnculos. Da cor da paixão.