sábado, 14 de abril de 2018

Seleuco II, “Callinicus Pogon”, Καλλίνικος ὁ Πώγων






Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Seleuco II, “Callinicus Pogon”, Καλλίνικος ὁ Πώγων (“O das barbas triunfantes”), Rei da Síria (246 A.C.-225 A.C.).

A marca da espada no tetradracma indica que salvou (ou não) a vida a alguém, num confronto militar.
O resto é mera ficção minha. Ela poupou a vida a um ciliciano de Mopsuetum, sonhador, na Batalha de Ancyra, travada, no ano de 239 A.C. (Ano 73 da Era Selêucida), entre Seleuco e o seu irmão usurpador, Antíoco Hierax.

Quando o rei foi vencido, ambos atravessaram o Taurus. Tinham 26 anos, mas só o soldado sentira na anca a pancada da lâmina. E não voltará a tocar na sua moeda salvadora.