terça-feira, 4 de novembro de 2014

Deficit de 9% das contas públicas portuguesas, depois da fase estagnatória da tentativa de "estabilização" da loura sebenta em 2,7% (2,71, na versão Constâncio), passa para 3,3% em Bruxelas, e, no fim do ano, já deverá ter atingido a realidade

 
 

Blogger news

Blog Archive