domingo, 27 de março de 2016

o coelho amuou

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


Falo-te da Páscoa ou talvez não. Pousaram duas poupas de crista no poste velho da rua e eu nunca tinha visto duas aves assim e lançaram esse seu outro canto semelhante ao do cuco e na ausência de montados de sobro e azinho, acrescida a distância dos carvalhais, apenas posso dizer que algum pinheiro as cativou.
Quando o coelho chegou, ainda eu lhes delineava o preto e branco das asas, o pescoço ocre e sobre a cabeça, aquele leque de levar à ópera nas noites de estreia.

2 Responses so far.

  1. ... esse coelho que espreitava os sacos azuis e rosa das amêndoas.

    É o que move o seu olhar frontal :-)

  2. Que sei eu dos ossos do oficio de Coelho?...

 
 

Blogger news

Blog Archive