segunda-feira, 4 de julho de 2016

Diário do Marcelo - Para quem pensava que os frequentadores da Casa Pia tinham ido para a reforma antecipada fica o aviso: eles andam por aí, por Palmela (e não só), na forma de seitas religiosas, mais agarradas aos livros de Satã do que ao livro do Carlos Cruz. Aí, fadistas, a vida é um banco corrido... :-)



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas



"Uma quinta em Palmela foi, ao longo de vários meses, palco de inúmeras violações. O esquema foi idealizado por um homem que se fazia passar por ‘mestre’ de uma seita religiosa que o próprio inventou. Era a “Verdade Celestial”, segundo a qual os abusos sexuais não são crime, contribuindo, isso sim, para a “purificação” das vítimas. E o indivíduo, um falso psicólogo, conseguiu convencer não só crianças mas também adultos com esta teoria.

Conclusão: juntou-se a mais quatro homens e três mulheres e abusaram sexualmente de nove rapazes, de forma doentia. Os crimes ocorreram do início de 2014 a 25 de junho de 2015, dia em que a Polícia Judiciária (PJ) conseguiu acabar com o calvário das vítimas"
 
 

Blogger news

Blog Archive