domingo, 7 de agosto de 2016

azul baleia

Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas


E todavia era branca. De areia fina da praia, gelado de nata e limão. Os pescadores enchiam-nos a cabeça de histórias antigas e todas eram verdadeiras, como autênticas são as estrelas, o sol, as correntes, os baixios, as rochas, os faróis e as penínsulas também. Basta misturar azul marinho com turquesa do mar.
 
 

Blogger news

Blog Archive