terça-feira, 1 de março de 2016

"Grandes êxitos do "The Braganza Mothers I" (2006/07): "Notícia à Mosco"



Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas

Dedicado a Franz Kafka, que, se tivesse vivido cá, não tinha escrito um só livro, por falta de tempo entre a Escrita e a resolução da teia de problemas do seu quotidiano.
Consta-se
de
que
diminuiu o consumo privado do gás, do petróleo e de todos os familiares dessas coisas. Com o número de falências a crescer diariamente, suponho que um parente dessa penúria tenha invadido as indústrias, os farrapos da Agricultura e muitos negócios independentes. Ora, toda a gente sabe que o elevadíssimo custo dos combustíveis se deve, na sua mais grossa fatia, à escandalosa tributação dos parasitas que nos governam, escondidos à sombra dos poderes do Estado.
Logo, diminuição do consumo, diminuição de receitas.
Portanto, vai haver aumento de preços, para que se saquem impostos a quem nunca deles pode fugir.
O lado miraculoso da coisa está em que, no meio disto tudo, aquele gajo das Finanças, com ar de Pargo espalmado e boca de Charroco, vem dizer que a inflação conseguiu subir. E di-lo com ar grave, pelo que deveremos ainda poupar mais e contribuir menos para a sangria de impostos do Estado.

Receita final: compre mesmo uma vela, ande sempre a pé, e leve a máquina autofágica à falência. Quando tiver reunido uns poucos dinheiros, mude-se para Badajoz, vá para lá fazer qualquer coisa, nem que seja lamber selos: se Badajoz é boa para nascer, também deverá ser boa para viver.
 
 

Blogger news

Blog Archive